A CNN Brasil comunicou sua chegada ao País no último dia 14 de janeiro e os profissionais com experiência em jornalismo e rádio e TV já podem enviar os seus currículos para a caixa postal seja@cnnbrasil.com.br – canal exclusivo para esta finalidade.

Ainda esta semana, a CNN Brasil anunciará os nomes dos profissionais contratados que vão compor a diretoria de conteúdo e que terão pela frente o desafio de estrear o canal de notícias em 2019.

A CNN Brasil será programada e operada pelo grupo brasileiro de mídia, liderado pelo executivo de comunicação Douglas Tavolaro e pelo empresário Rubens Menin, por meio de um acordo de licenciamento de marca estabelecido com a CNN International Commercial (CNNIC), que abrange o acesso a certas propriedades, incluindo conteúdo da CNN International.

O canal de notícias 24 horas estará disponível em 2019 para assinantes da TV paga e também nas plataformas digitais.

Nos próximos meses, diversas atividades serão desenvolvidas para preparar a infraestrutura, identidade de marca e conteúdo, recrutar e treinar jornalistas e equipes de produção. A CNN Brasil será lançada nacionalmente com agências de notícias em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Brasília e correspondentes no exterior. A CNN International e a CNN en Español continuarão disponíveis no país e não fazem parte do licenciamento da CNN Brasil.

“Estamos muito satisfeitos em anunciar este acordo de licenciamento com nosso novo parceiro para lançar a CNN Brasil”, disse Greg Beitchman, vice-presidente de Vendas de Conteúdo e Parcerias da CNNIC.

“O Brasil é um país empolgante para continuar a expansão da marca CNN. Este anúncio é parte de uma estratégia global para trabalhar com parceiros que pensam da mesma maneira e que enxergam uma clara oportunidade para produtos e serviços de notícias locais da marca CNN, completa o executivo.

“A CNN é um ícone global e a parceria com essa marca é o sonho de um jornalista se tornando realidade”, disse Tavolaro. “Estou deixando um dos maiores e mais importantes grupos de mídia do país com gratidão por tudo o que vivi lá e não poderia estar mais animado sobre esta próxima fase da minha carreira”, comenta o jornalista.

“Nosso objetivo é contribuir com a democratização da informação no Brasil. Um país com uma sociedade livre e desenvolvida só é construído com uma imprensa plural”, afirmou Menin. “Já existem boas plataformas de notícias localmente, mas acreditamos que há espaço para uma nova opção. A chegada de uma grande marca fortalece e valoriza o jornalismo. Estamos felizes e motivados com esse acordo com a CNN”, comemora Menin.

 

 

[siteorigin_widget class=”SiteOrigin_Widget_Headline_Widget”][/siteorigin_widget]
Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You May Also Like

Nextdial busca parcerias com desenvolvedores de apps, plataformas de streaming e agências

Objetivo é ajudar o radiodifusor a crescer e competir no mundo digital,…

Boost Your Lockdown Privacy Without Breaking The Bank

Struggling to sell one multi-million dollar home currently on the market won’t…

ABERT contesta ações do Sleeping Giants Brasil

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) acompanha, com…