Tecnologia

Transmissão ao vivo: NDI com Wi-Fi de 60 GHz chega com tudo

Transmissão ao vivo: NDI com Wi-Fi de 60 GHz chega com tudo

A Federação Italiana de Motonautica sedia anualmente o Motonautico Hydro Grand Prix, em parceria com a Motonautica Boretto Pro. Neste ano, a transmissão ao vivo baseada em NDI inovou: uma câmera sem fio conectada por Wi-Fi à van de controle da produção.

Com 62 anos de tradição, o Motonautico Hydro Grand Prix é a segunda etapa do Campeonato Mundial de Motonaútica da UIM. A competição exibe barcos de alta velocidade em um circuito de 1,5 km ao longo do rio Pó, exigindo muito da equipe MediaNews, responsável pela produção multicâmera transmitida ao vivo no Facebook.

“O principal problema em produções como essa é a necessidade de posicionar câmeras bem longe da van de OB que controla tudo. Em alguns eventos, as câmeras podem ficar a até um quilômetro de distância. Precisávamos de cabos de fibra ótica longos, com várias pessoas no meio do caminho. Não é a situação ideal”, afirma Roberto Musso, CEO/CTO da MediaNews e diretor técnico da NDI.

NDI com Wi-Fi de 60 GHz
NDI com Wi-Fi de 60 GHz

Apesar da transição de configurações SDI tradicionais para um fluxo de trabalho baseado em IP já ter trazido mais flexibilidade e controle, conectar câmeras distantes do centro de operações em um ambiente hostil ainda apresenta desvantagens:

  • Instalação lenta: A equipe podia levar mais de 3 horas para configurar as câmeras mais distantes.
  • Montagem insegura: Cabos de fibra e equipamentos expostos a longas distâncias ficam vulneráveis aos elementos e ao público, aumentando o risco de danos e comprometendo a conexão.
  • Alto custo: Algumas câmeras precisavam de conexões acima de 700 metros, o que significa muitos cabos caros e logística complexa.

Revolução na transmissão ao vivo

Baseado no sucesso e na eficiência das configurações NDI usadas nos últimos três anos do evento, Roberto Musso decidiu enfrentar esses desafios inovando ainda mais e aproveitando o potencial do Wi-Fi.

“Com 60 GHz, obtemos muito mais banda larga do que nas versões anteriores. Tentávamos usar NDI com 5 GHz, mas a instabilidade sempre causava perda de quadros. Agora é o momento certo para tentar o Wi-Fi novamente”, explica Roberto.

Os testes funcionaram tão bem que o diretor de produção se sentiu confiante para usar a configuração sem fio durante toda a transmissão ao vivo de dois dias, sem conexões redundantes.

Segundo Roberto, a conexão Wi-Fi ponto a ponto entregou um feed NDI 1080p50 superando todas as expectativas:

  • Sem perda de quadros durante a transmissão ao vivo.
  • Latência insignificante em comparação às câmeras conectadas por fibra.
  • Velocidade de resposta similar às conexões de fibra.

NDI com Wi-Fi de 60 GHz: Novas possibilidades sem fio

Apesar de a configuração usada nesta edição ter apenas uma conexão Wi-Fi, os resultados foram tão positivos que a equipe planeja utilizar conexões ponto a ponto Wi-Fi em muitas de suas produções ao vivo. Roberto acredita que muitas outras produções seguirão o exemplo:

“Quando as equipes de produção virem essa configuração funcionando no mesmo nível de uma conexão por cabo de fibra, será óbvio implementar setups similares em suas transmissões ao vivo.”

Com a conexão Wi-Fi ponto a ponto de 60 GHz, a equipe da MediaNews manteve todos os recursos diferenciadores do NDI, como bidirecionalidade, descoberta instantânea, suporte a tally, transporte de metadados e controle PTZ, agregando a flexibilidade e facilidade de configuração das conexões sem fio:

  • Redução significativa do tempo de instalação, de aproximadamente três horas para 15 minutos.
  • Eliminação de custos com transporte e manuseio de cabos de fibra, economizando mais de 500 euros.
  • Maior segurança para o público e a equipe do evento, sem cabos e equipamentos espalhados pelo local.

Com a conectividade sem fio se tornando mais comum nessas configurações, as equipes de produção ganharão mais flexibilidade do que nunca. O baixo consumo de energia do NDI permite que câmeras e switches de rede sejam alimentados por baterias portáteis.

A conexão em tempo real sem fio cria novas oportunidades para produções ao vivo em ambientes internos e externos com grandes plateias, já que as configurações sem fio se tornam cada vez menos invasivas para o público.

“Parte do nosso objetivo como equipes de produção ao vivo também é transmitir os eventos para um público online maior, sem interferir na experiência do público presencial. Ao combinar os recursos do NDI com a fluidez do Wi-Fi, obtemos uma configuração quase invisível”, final

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *